Ateliê Aberto


 

2018


 
27751673_918932151606219_2266057284634167214_n.jpg

Projeção seguida de debate com participantes do Folia de Imagens sobre a produção fotográfica do carnaval como instrumento de resistência e pouco explorado pelas grandes mídias no Rio de Janeiro. Uma visão das favelas, subúrbios, zona norte e Paraty. 

Iniciado em 2013, o projeto Folia de Imagens foi elaborado e desenvolvido de maneira independente por fotógrafos, em sua maioria oriundos de favelas e territórios periféricos, formados pela Escola de Fotógrafos Populares (Observatório de Favelas), com o objetivo de documentar as manifestações culturais ligadas ao carnaval em favelas, periferias, subúrbios e vários bairros do Rio de Janeiro.

O projeto surgiu da necessidade de registro e preservação da cultura brasileira e de democratização ao acesso a esse acervo produzido em um banco de imagens. Tem como imperativo o reconhecimento, incentivo e preservação de memória, pois entende essas festas como instrumentos na construção das identidades culturais e no fortalecimento dos laços de solidariedade e de pertencimento

2017


 

Papos Fotográficos c/ Hermann Capor (Áustria) | 5/outubro

 Papos Fotográficos c/ Hermann Capor (Áustria)

Em cooperação com a Dziady-DMS Cultural, o Ateliê Oriente irá receber em seus Papos Fotográficos o fotógrafo e curador austríaco Hermann Capor para uma agradável conversa sobre a cena independente da fotografia em Viena e a atuação de coletivos e galerias (Fluss e Fotogalerie Wien) na Áustria.
Capor tem uma coleção de grandes trabalhos autorais e ótimas histórias para contar! Junte-se a nós! 

Idioma: inglês

Hermann Capor é fotógrafo e Curador, nascido em Viena em 1948. Estuda fotografia de 1963 a 1966 e Arquitetura e Gestão de Negócios entre 1967 a 1978. Inicia seu trabalho artístico em 1981 e cursa a Academia Internacional de Verão de Belas Artes em Salzburgo em 1987, em compania de Friedl Kubelka e Nan Goldin. Atualmente é membro da Fotogalerie Wien. Vive em Viena na Austria e produz pelo mundo.

www.hhcapor.at

Evento gratuito, sujeito à lotação.
Para garantir sua vaga, inscreva-se no link abaixo: goo.gl/iEUUTF

 

22221616_1523144064411693_5340708048450913879_n.jpg

Conversa com Ricardo Beliel e Luciana Nabuco | 11/outubro

O fotógrafo Ricardo Beliel e a poeta Luciana Nabuco apresentam e comentam seu trabalho em que fundem imagens e voz intitulado Retratos InVersos. As diversas camadas de imagens impregnadas de histórias e caminhos percorridos são a fonte e suporte para o espaço da palavra, traduzida de forma poética e sensorial. Olhos e boca são os guias nessa viagem íntima, na fusão do registro do olhar e da voz que desnuda-se, tudo se torna livre poesia. Dessa forma passado e presente confluem-se, como nascentes de um rio que produzirá a memória, e atinge o momento da aliança de duas águas diversas, que não se misturam, mas se integram na mesma corrente afetiva.

Ricardo Beliel é jornalista desde 1976. Começou trabalhando como fotógrafo contratado do jornal O Globo, passando depois por Manchete, Placar, Fatos e Fotos, Veja, Isto É, agência F-4, Manchete Esportiva, Jornal do Brasil e O Estado de São Paulo.Durante seis anos fez parte da agência GLMR & Saga Associés em Paris, produzindo reportagens fotográficas na América Latina e África.

Luciana Nabuco é acreana, formada em jornalismo e tradução em francês. Após um período de cinco anos nas Antilhas Francesas retornou ao Brasil e foi professora de jornalismo na Universidade Federal de Roraima. Como atriz e contadora de histórias realizou diversas apresentações em espaços culturais do Rio de Janeiro e também como voluntária para o INCA.

Evento gratuito, sujeito à lotação.
Para garantir sua vaga, inscreva-se no link abaixo:
https://www.sympla.com.br/atelie-aberto-conversa-com-ricardo-beliel-e-luciana-nabuco__198784