Paulo Marcos de Mendonça Lima

Rio de Janeiro [RJ], 1958.

Nascido no Rio de Janeiro.

Formado em Fotografia pelo Brooks Institute, EUA, e em Jornalismo pela UniverCidade, RJ. Estudou Fotografia na pós-graduação do Iuperj/Candido Mendes. Foi coordenador de fotografia da Veja-Rio e editor de fotografia nos jornais O Dia, O Globo e Lance!, onde também ocupou o cargo de editor-executivo de projetos especiais. Coordenou o curso de cinema da UniverCidade entre 2008 e 2010. Publicou vários livros destacando-se Kuruap Quarup, com apresentação de Antônio Callado e prefácio de Milton Guran (2007) e Da Minha Porta Vejo o Mundo(2017). Participou de cinco edições da publicação Imagem do Som, com curadoria de Felipe Taborda.

Participou em exposições coletivas e individuais no Brasil e exterior, destacando-se a exposição Brazilian Faces, Museu Ludwig, Colônia, Alemanha (2005) e IN-Visíveis, Galeria Ateliê Oriente (2011), no Rio de Janeiro, e as individuais na galeria G-32, Londres (2006) e Perimetranse, Museu História Nacional (FotoRio-2015).

Curadoria da exposição Delicadeza, Centro Cultural da Light (2016) e em 2016 e 2017 fez parte da curadoria do Festival Paraty em Foco.

Desde 2015 é leitor de portfólios do FotoRio e em 2018 é um dos membros da Comissão Gestora do FotoRio Resiste.

Sócio do Ateliê Oriente.