30h (12 aulas)

4x R$225 (total: R$900)


O curso pretende abordar as possibilidades da imagem fotográfica como veiculo de construção para um discurso artístico. Partindo de um panorama histórico afetivo, serão apresentadas diversas formas de uso da fotografia no contexto da arte contemporânea. As aulas serão dividas em recortes teóricos com o objetivo de discutir algumas possíveis estratégias conceituais. Nesse sentido a preocupação não é categorizar os artistas apresentados, mas observar trabalhos pontuais que de certa forma exemplificam os tópicos abordados. Propondo contaminações entre os tópicos e abrindo abas ao invés de categorias estanques o curso pretende a partir dessa estratégia iniciar um debate sobre a imagem fotográfica contemporânea.

As aulas serão desenvolvidas a partir de 3 módulos. A cada módulo, será realizada uma analise das produções individuais em paralelo as aulas teóricas, além de uma leitura complementar a ser debatida em aula.

Módulo 1 - Fotografia e invenção de personagem: subjetividades do eu

No mundo constituído não mais por indivíduos, aquele que não pode ser dividido, mas por multiplicidades subjetivas de muitos “eus” simultâneos, tomaremos as obras de alguns artistas que amplificam a ideia de construção de identidade a partir da imagem fotográfica.

Alguns artistas que farão parte desse módulo: Marcel Duchamp / Man Ray – Rose Selavy; Cindy Sherman; Sophie Calle; Francesca Woodman; Nan Goldin; Wolfgang Tillmans; Barbara Wagner.

Modulo 2 - Invenção da paisagem

Tomando os “Monumentos de Parsaic” de Robert Smithson como nota introdutória, será proposto um breve percurso que deriva na fotografia como ferramenta para a invenção de uma paisagem. Se há tempos a paisagem vendo sendo inventada, dos pintores viajantes como Rugendas e Debret, ao apuro técnico de Ansel Adams, passando por toda a pintura impressionista, na fotografia contemporânea não faltam situações que não mais pretendem dar conta de uma construção de espaço atrelado a uma suposta ideia de real.

Alguns artistas que farão parte desse módulo: Land Art – registro de intervenções / Robert Smithson (passeio por monumentos de parsaic);  Leticia Ramos; Luiza Baldan; Hiroshi Sugimoto; Marcos Chaves; Peter Fischli & David Weiss.

Módulo 3 - Invenção do arquivo: a imagem-texto

Neste módulo será discutido a ideia de apropriação e montagem no contexto contemporâneo. O sampler como estratégia conceitual e como o texto pode rearticular o arquivo. Nesse módulo serão discutidas a noção de edição atrelada aos livros de artista e algumas obras específicas.

Alguns artistas que farão parte desse módulo: John Baldesari; Joan Fontcuberta; Rosangela Rennó; Jeff Wall; Philippe Parreno; João Castilho, Pedro David e Pedro Motta (Paisagem Submersa).

Formas de pagamento:
- Em até 4x sem juros pelo PagSeguro (inscrição online);
- Boleto emitido pelo PagSeguro (inscrição online);
- Em cheque em até 3x (inscrição presencial);
- À vista com 10% de desconto (inscrição por email: contato@atelieoriente.com). 

Política de cancelamento
Condições:
- com 7 dias de antecedência: reembolso integral
- entre 6 dias e 48h antes do início do evento: reembolso de 50%
- últimas 48h antes do início do evento e o não comparecimento ao evento: sem reembolso
Solicitar o cancelamento através do email contato@atelieoriente.com

--

Foto de divulgação: Jeff Wall 

Professor:

felipe_braga (1).jpg

Felipe Braga (1982) vive e trabalha no Rio de Janeiro. É artista visual e pesquisador. Mestre em Linguagens Visuais (EBA/UFRJ), doutorando em Literatura, cultura e contemporaneidade (PUC-Rio). Participou do programa de Praticas Artísticas Contemporâneas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Realizou exposições individuais e coletivas em algumas instituições como Casa França Brasil, EAV Parque Lage, Parque das Ruinas, Museu da Republica, Galeria A Gentil Carioca, Galeria Bolsa de Arte (SP), Centro Cultural São Paulo, RedBull Station e Espaço Sergio Porto entre outros. Participou das residências artísticas RedBull (SP) e Largo Residência (Lisboa). Publicou os livros independentes Museu Espetacular de 1 dia e National Geographic Channel. Recentemente foi selecionado para a Temporada de Projetos do Paço das Artes 2018 em São Paulo.