Curso de Fotojornalismo Contemporâneo -

Concebendo, produzindo e divulgando, c/ Dario De Dominicis

 

De 06 junho a 20 julho

Terças e quintas, a partir das 19h

(Saídas práticas aos sábados, horário a combinar com o professor).

Esse curso é pensado para fotógrafos amadores avançados e profissionais que desejam se aproximar do mundo da narração por meio de imagens e desenvolver as próprias habilidades de concepção e realização de um projeto fotográfico. A proposta formativa se caraterizada por um processo teórico-prático onde cada participante será guiado na criação de um ensaio fotográfico completo, com forte conteúdo jornalístico e de um grande impacto visual. O curso será dividido em três módulos, para acompanhar as três diferentes fases da elaboração e produção do ensaio fotográfico.

1º bloco :

4 aulas teóricas (2 horas cada)

 - Breve introdução histórica: da fotografia social ao fotojornalismo. Análise do panorama atual e da produção fotojornalística na era digital. Nesse primeiro módulo dedicaremos muito espaço à visão dos trabalhos de autores consagrados e emergentes, explorando os elementos que estão na base da linguagem fotográfica. Os alunos serão estimulados a aperfeiçoar o olhar pessoal e a desenvolver um próprio estilo fotográfico.

2º bloco:

3 aulas práticas (4 horas cada);

3 aulas só de edição (3 horas cada)

- Nessa segunda parte alternaremos aulas práticas com sessões de edição. O foco da nossa pesquisa fotográfica será uma das grandes ocupações urbanas no Rio de Janeiro e com esse trabalho de campo, o aluno terá a oportunidade de testar todas as ferramentas adquiridas durante as aulas teóricas. Nas aulas externas o aluno será também orientado na delicada e indispensável tarefa de se relacionar com os personagens fotografados.  

3º bloco:

2aulas teóricas (2 horas cada);

3 encontros com especialistas (3 horas cada);

Encerramento (3 horas)

- A colocação do próprio trabalho nos mercados da fotografia será o assunto fundamental da última parte do curso. Trabalharemos para preparar a edição final do ensaio de cada aluno, dedicando muito tempo à construção da sequência fotográfica e à familiarização com os conceitos de narrativa visual.  As três últimas aulas terão a participação de profissionais de comprovada experiência nas respectivas áreas de atuação. Os conhecimentos técnicos trazidos por cada especialista formarão um patrimônio indispensável para se orientar com sucesso no complexo mundo do fotojornalismo contemporâneo.

- Intervenção de André Teixeira : O trabalho do editor de fotografia entre jornalismo e fotografia autoral.

- Intervenção de Roberto Gomes Soares: O mundo dos Concursos Fotográficos.

- Intervenção de Roberta Tavares : Como apresentar um projeto fotográfico de forma articulada e eficaz.

 

Carga horária: 45 horas

Investimento: R$1.125,00

Formas de pagamento:

- Cartão de crédito (em até 10x com juros)

- Boleto bancário

- Débito online

 

OBS.: Dario De Dominicis estará todas as quartas-feiras (anteriores ao início do curso), de 17h às 19h, no Ateliê Oriente, à disposição dos alunos que quiserem tirar dúvidas, apresentar seus projetos ou conversarem a respeito do curso, ementa etc.

 

* Dario De Dominicis (Roma, 1965) trabalha como profissional desde o 1993 e publica seu trabalho nas principais revistas italianas e europeias . Desde 1999 passou a se dedicar mais aos seus projetos pessoais, produzindo vários ensaios fotográficos de longo prazo: o pastoreio semi-nômades no sul da Europa, os nostálgicos da monarquia na Itália, a vida dos seminaristas no Pontifício Seminário Maior. Entre 2002 e 2009 deu aula de fotojornalismo no Instituto Estadual de Cinema e Televisão Roberto Rossellini, em Roma. Em 2004 publicou seu primeiro livro "Uma História cubana" Ed. Postcart. Este Projeto fotográfico resume quinze anos de investigação fotográfica sobre a transformação sócio-econômica vivenciada por Cuba depois da queda da União Soviética. Desde 2009 mora no Rio de Janeiro. Entre 2011 e 2015 colaborou assiduamente com jornais franceses e alemães, documentando os principais eventos da vida social brasileira e o impacto gerado pela chegada de dois mega-eventos, como Fifa World Cup e Olimpíadas. Em 2012 e 2013, foi chamado para realizar a documentação visual de um livro dedicado à história dos brasileiros escravizados na floresta amazônica durante a II Guerra Mundial, intitulado "Soldados da Borracha" e publicado pela "Escritas Editora". Em 2013 e 2016 administra workshops e palestras durante o Festival Internacional de Fotografia “Paraty Em Foco”.